Diminua o risco nas vendas online

Diminua o risco nas vendas online

O comércio eletrônico cresce rapidamente no Brasil, mas ainda há uma boa parcela da população que evita compras online por medo da falta de segurança.

De acordo com levantamento da Konduto, as tentativas de fraude ao comércio eletrônico brasileiro caíram cerca de 10% durante a pandemia do novo coronavírus. Mas isso não quer dizer que você não deva se preocupar com possíveis fraudes durante as suas vendas.

Garantir a confidencialidade de informações, a não ocorrência de fraudes ou erros, a possibilidade de devolução do produto e diversos outros fatores é crucial para conquistar e fidelizar seus consumidores.

Uma das etapas mais relevantes é identificar e classificar todos os riscos que podem atingir o seu negócio. É preciso relacionar qualquer evento, seja ele interno ou externo, que possa causar algum impacto para o e-commerce.

É interessante lembrar que esse processo deve ser constante, pois assim a estratégia estará sempre atualizada.

Confira o nosso artigo de hoje e descubra como diminuir o risco nas vendas online

Uma empresa está constantemente sujeita a ataques externos e até mesmo internos que podem colocar em risco sua continuidade no mercado.

A importância de garantir a segurança da informação é uma forma de evitar que invasões e incidentes ocorram e também de minimizar possíveis perdas decorrentes desses problemas.

Ao conjunto de normas, métodos e procedimentos que a companhia constitui em relação à proteção de dados, damos o nome de política de segurança da informação.

Um dos ativos mais preciosos de uma empresa é justamente a informação, pois é algo essencial para todos os tipos de processos realizados em qualquer negócio, e o vazamento de informações cruciais pode causar enormes prejuízos.

Utilize uma solução em gestão de risco:

Com o aumento da tecnologia para facilitar e otimizar em alguns pontos, também aumentam as técnicas dos fraudadores. A melhor solução que muitas empresas já aderiram é trabalhar em sua base de dados com enriquecimento e higienização de dados.

Alimente esse sistema com informações relevantes, como e-mail, localização de IP, região de entrega, hábitos de compra e frequência de visita ao site. Reunir esses dados pode ajudar a estabelecer níveis de risco, minimizando as chances de sofrer com ações fraudulentas.

Faça um bom planejamento:

Depois de identificar, é hora de montar um planejamento de proteção. É preciso entender que metodologia será utilizada para gerir a crise e quais ferramentas auxiliam o trabalho.

Esse é o momento de mapear todas as etapas do processo e como as pessoas envolvidas com essa tarefa vão lidar com a situação, além de deixar claro para todos o que deve ser feito. Sendo assim, em casos de necessidade de alteração em algum processo, torna-se mais fácil se reorganizar.

Portanto, essa etapa serve para entender o que será feito para minimizar cada ameaça e encontrar processos que serão otimizados para que isso não aconteça.

Monitore suas métricas e resultados online:

Depois de tudo realizado, é pertinente monitorar as ações realizadas e verificar se elas surtiram efeito. É por meio do monitoramento de métricas e resultados que são acompanhados todos os processos, visando identificar quando uma nova oportunidade ou ameaça se apresenta.

Invista em inteligência tecnológica:

Outra medida preventiva é a avaliação de risco, para isso, é importante mapear os pontos frágeis e os atrativos para possíveis fraudes, ajudando na elaboração de um plano de risco bem específico.

Nesse sentido, os mecanismos de informação surgem como ferramentas de controle dos planos de risco contra fraudes, suportando a tomada de decisões.

No entanto, considerando o volume de dados, é necessário investir em tecnologias que possibilitem a coleta e análise dessas informações de maneira automatizada.

É necessário que o monitoramento precisa ser contínuo, evitando elementos inesperados que façam com que sua loja perca uma chance de otimizar os resultados ou seja prejudicada por uma ameaça não detectada.

Outro fator importante é o selo de segurança, pois exerce quase que o papel de um vendedor na loja virtual. Como o próprio nome já diz, ele atesta que o site é seguro e, dessa forma, o cliente se sente mais à vontade para comprar nele.

Portanto, entendendo como essa estratégia é fundamental para manter o negócio protegido e preparado para momentos de instabilidade. O gerenciamento correto das ameaças permite que o gestor consiga desenvolver maneiras de reduzir o acontecimento delas, aumentando a competitividade do negócio.

Não pense duas vezes antes de pedir indicações de parentes e amigos, sobretudo daqueles que já possuem o hábito de comprar pela internet.

Para conhecer nossas soluções, entre em contato conosco:

Telefone: (11) 3093-2665

Equipe UnitFour, informações certas de um jeito inteligente.

Leia alguns artigos para melhores informações.

Como prevenir fraudes no ambiente virtual.

Como avaliar o perfil do cliente na era digital?

Veja Mais Artigos